Eleições 2016: Faça a diferença

29/09/2016 14:00


Neste domingo (2), milhões de brasileiros irão às urnas para eleger os prefeitos e vereadores de seus municípios. Este momento é extremamente importante para todos nós, pois decidiremos os rumos de nossas cidades através do nosso voto. Ainda que muitos permaneçam alienados e apáticos à realidade, nós, como representantes do Reino de Deus na Terra, não podemos nos omitir das nossas responsabilidades.

Antes mesmo de ir às urnas para votar, temos de orar e clamar ao Senhor em favor da nação, pois “se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra”, disse o Senhor (2Cr 7.14).

Sendo um povo temente a Deus, que crê na Bíblia como única e infalível regra de fé e prática, não podemos ignorar os nossos princípios e valores cristãos. Sabemos que por trás da realidade natural, existe o mundo espiritual e uma batalha por domínio em todas as esferas da sociedade.

Cremos que Jesus Cristo é o Rei dos reis e o Senhor dos senhores, e que o Brasil pertence a Ele! Entretanto, como representantes do reino, devemos nos posicionar e manifestar a Sua vontade, trazendo o Seu reino para a Terra. O próprio Jesus nos ensinou a orar dizendo: “Venha a nós o teu reino, seja feita a Tua vontade, assim na terra como no céu” (Mt 6.10).

A oração é uma das formas de influenciarmos os rumos da nação, mas não é a única. Temos que fazer valer o nosso direito democrático e votar com consciência e responsabilidade. Pense na cidade e na nação! 

Procure saber quem são os candidatos da nossa cidade, quais são as suas propostas e analise a sua trajetória política. Verifique se os mesmos possuem e defendem valores éticos, morais e espirituais construtivos para a sociedade. Evidentemente, o voto é livre e cada eleitor deve escolher em quem votar, mas essas observações são necessárias.

Analise o passado político deles e o trabalho realizado em favor da coletividade. O voto deve ser a nossa resposta de aprovação ou desaprovação ao que temos visto, ouvido e vivido.

Infelizmente, parece que a corrupção, a violência, a falta de educação, saúde, habitação, emprego, etc., se incorporaram de tal forma à vida das pessoas, que elas não se incomodam mais com os dramas vividos por milhares de famílias. Mas, que futuro poderemos ter quando os malfeitos dos governantes se tornam uma prática comum e tolerável?

Por vezes, tenho dito que até com o que é ruim as pessoas se acostumam por passividade e omissão. Lembre-se, porém, das palavras do apóstolo Paulo, que escreveu: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Rm 12.2). Vote com sabedoria e faça a diferença em nome de Jesus.

 

Por Bispo César Santos – Presidente e fundador da Comunidade Evangélica Filadélfia.

 

TITULO IMAGEM

Infográfico: Brasil.gov.br

 

 



Outras Notícias


Ministérios


Notícias


DEVOCIONAIS EM VÍDEOS